Óbidos é certificado como melhor experiência de intervenção para o combate ao Aedes aegypti

Certificação ao município foi dada pelo Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, em Brasília. Trabalho foi selecionado entre 1.500 projetos inscritos.
O coordenador municipal de endemias, Adson Galvão, recebeu o certificado em Brasília — Foto: Prefeitura de Óbidos/Divulgação

O combate ao mosquito Aedes aegypti é um trabalho que tem que ocorrer em todos os dias do ano. Devido aos resultados positivos, um projeto desenvolvido em Óbidos, no oeste do Pará, foi certificado pelo Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) como melhor experiência alusivas de intervenção para o combate ao vetor que transmite Dengue, Zika e Chikungynia.

O trabalho apresentado foi selecionado entre 1.500 inscritos de todo o Brasil, os quais foram analisados por especialistas da área. Os 300 melhores foram indicados a concorrer como melhor experiência de intervenção ao mosquito durante o I Encontro Nacional do Projeto Aedes na Mira, do Ministério da Saúde, no 35º Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, que ocorreu em Brasília, de 2 a 5 de Julho de 2019.

Entre os 1.500 projetos inscritos o projeto de Óbidos foi escolhido como melhor — Foto: Prefeitura de Óbidos/Divulgação

O coordenador municipal de endemias, Adson Galvão, recebeu o certificado em Brasília. Intitulado “Stop Aedes” o projeto consiste em uma forma didática e interativa, que estimula a comunidade a controlar suas ações de prevenção à proliferação das larvas do Aedes aegypti.

Estimulando os moradores através de instrumentos utilitários como calendários programáticos, adesivos que sinalizam a zona de infestação como alta, média e baixa de possíveis criadouros das larvas, facilitando o acompanhamento e evolução das atividades avaliadas pelos agentes de endemias em suas visitas periódicas de inspeção.

(Blog Agora Notícia )

Fonte G1 Santarém Pará

waldemir

Radialista/Blogueiro,