Mulher tem hemorragia fatal após ter pepino inserido na vagina

Constancia Layo Dayag, de 47 anos, foi encontrada morta e com sinais de crueldade na residência onde trabalhava, no Kuwait. A empregada doméstica foi achada com um pepino inserido na vagina e o suspeito é o patrão, que não teve a identidade revelada.

De acordo com o jornal “Bussines Mirror”, o homem foi indiciado por homicídio. O Ministro do Trabalho das Filipinas, Silvestre H. Bello informou que o pepino foi inserido com muita força e acabou causando uma hemorragia fatal em Constancia. Ele prometeu lutar por justiça.

A relação entre os governos da Filipinas e Kuwait passa por um momento de tensão, e a morte de Constancia é mais um caso de volência contra empregados filipinos no Oriente Médio. 

Joanna Demafelis, de 29 anos, foi o caso de maior repercussão. Ela foi dada como desaparecida e um ano após o sumiço, teve o corpo encontrado em um freezer na casa dos patrões. 

A população Filipina responde por grande parte da mão de obra na construção civil em vários países do Oriente Médio, como Kuwait, Bahrein e Emirados Árabes Unidos.

(Blog Agora Notícia )

(Com informações do portal Extra)

waldemir

Radialista/Blogueiro,