Jovem encontra filhote de peixe-boi em praia e comunitários lutam pela sobrevivência do animal, no PA

Animal foi encontrado em uma das praias da comunidade São Tomé, na Resex Tapajós-Arapiuns. Moradores tentam transferência do peixe-boi para zoológico em Santarém.
Moradores da comunidade São Tomé alimentando o filhote de peixe-boi — Foto: Dinael Cardoso/Organização Mãe Tapajoara/Arquivo pessoal

Um filhote recém-nascido de peixe-boi foi encontrado por um jovem na comunidade São Tomé, na Reserva Extrativista Tapajós-Arapiuns (Resex), em Santarém, no oeste do Pará, no dia 21 de janeiro, e desde então os moradores estão lutando pela sobrevivência do animal.

Abatido e com alguns ferimentos, o peixe-boi foi encontrado encalhado na praia enquanto um jovem caminhava às margens do rio. “Ele viu urubus sobrevoando e ficou curioso, foi ver e acabou encontrando o animal. Ele pediu ajuda aos moradores para fazer o resgate”, contou o presidente da organização Mãe Tapajoara, Dinael Cardoso, responsável pela transferência do animal até Santarém.

A viagem do filhote para Santarém não contou com supervisão técnica, mas o peixe-boi recebeu todos os cuidados por parte dos moradores. Ele foi colocado em uma caixa d’água, recebeu alimentação e começou o trajeto em um barco que faz linha para a Resex até o Centro do município.

Dinael Cardoso, presidente da Organização Mãe Tapajoara, ficou responsável pela transferência do filhote de peixe-boi para Santarém — Foto: Dinael Cardoso/Organização Mãe Tapajoara/Arquivo pessoal

Na manhã desta quinta-feira (24), o animal chegou a Santarém. Ao G1, o presidente da organização disse que seguirá até o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) para comunicar sobre o filhote e verificar os trâmites para que ele seja levado até o zoológico da Unama, que tem um projeto de atendimento à espécie.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) também foi comunicada e deve auxiliar no processo de transferência para o zoológico.

Esse foi o primeiro filhote de peixe-boi encontrado nessa situação na comunidade. Os moradores acreditam que ele tenha nascido em um dos lagos próximos à comunidade, onde há presença constante de peixes-boi adultos.

(Blog Agora Notícia )

Fonte G1 Santarém Pará

waldemir

Radialista/Blogueiro,