Polícia Civil recupera mais quatro carros furtados por quadrilha suspeita de assaltar agências bancárias

Já foram recuperados sete carros que eram usados nas ações criminosas. Os veículos têm placas de Manaus e Belo Horizonte.
Foto: Tracy Costa/G1

A Polícia Civil de Santarém, no oeste do Pará, recuperou, na tarde desta quinta-feira (17), mais quatro carros furtados por uma quadrilha suspeita de assaltar agências bancárias no município e outras cidades da região. Os carros vieram de Monte Alegre, e têm placas de Manaus (AM) e Belo Horizonte (MG).

Quatro homens foram presos na operação, na noite de quarta-feira (16), na comunidade Diamantino, na região da PA-370. Para não levantar suspeitas, a quadrilha alugava carros para transitar em Santarém, e contava com o apoio de homens residentes na cidade. Após as prisões, a polícia continuou as investigações para elucidar os crimes. Já foram recuperados sete carros que eram usados nas ações criminosas.

Com a quadrilha, também haviam sido encontradas várias ferramentas usadas para facilitar a entrada nas agências bancárias e abrir os caixas eletrônicos e cofres. Entre os materiais apreendidos, a polícia encontrou um bloqueador de alarme e um rádio para monitorar a polícia.

O delegado Germano do Vale contou que agora as investigações devem continuar, e as locadoras ser contatadas para que resgatem os veículos, assim como as pessoas que compraram carros por valores abaixo do vendido no mercado devem devolvê-los espontaneamente para evitar problemas com a polícia.

“Os carros são de modelos novos, e as pessoas que adquiriram esses veículos certamente serão localizadas. Essas pessoas devem comparecer a delegacia da cidade e informar o ocorrido. Temos conhecimento de que têm mais carros em Itaituba, Alenquer, Monte Alegre, Santarém e Prainha”, disse o delegado.

Os veículos devem ser periciados e depois colocados à disposição dos verdadeiros proprietários. Segundo o delegado, os carros ainda estão “alugados”. “Somente um dos veículos recuperados foi avariado, mas os outros todos estão em perfeito estado. Os carros eram alugados mediante a apresentação de documentos falsos de pessoas físicas e empresas, o que configura estelionato. Os carros eram alugados e horas depois saiam da cidade, em balsas”, ressaltou.

Os quatro homens presos na manhã desta quinta, já foram encaminhados à penitenciária de Santarém, sendo que três já têm passagens pela polícia e dois eram considerados foragidos, um de Manaus e outro de Castanhal.

As investigações continuam no intuito de esclarecer que ações foram realizadas e se esses veículos foram utilizados em crimes nas cidades da região.

(Blog Agora Notícia )

Fonte G1 Santarém Pará

waldemir

Radialista/Blogueiro,