‘Pai de Santo’ é preso por abuso sexual de adolescente e diz que ‘entidade’ cometeu o crime, no PA

Vítima tem 14 anos e fazia tratamentos espirituais com o homem de 42 anos. Abusos aconteceram no quintal da casa do ‘pai de Santo’, na comunidade São Jorge, em Santarém.
Foto: Deaca/Divulgação

Um “pai de santo” suspeito de ter abusado sexualmente de uma adolescente de 14 anos foi preso na manhã desta quinta-feira (17) em Santarém, no oeste do Pará. O caso aconteceu na comunidade São Jorge, KM 29 da PA-370, durante um dos rituais de curandeirismo no quintal da casa do suspeito.

Marcelino Ferreira Almeida, de 42 anos, foi preso enquanto era ouvido na delegacia, minutos depois de o mandado de prisão de expedido pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Santarém. O suspeito se apresentou à polícia após ser intimado.

O crime

Os abusos estavam acontecendo há alguns meses e a denúncia chegou ao conhecimento da titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Criança e ao Adolescente (Deaca), delegada Milla Moura, na semana passada, através da mãe da vítima.

Elas apresentaram à polícia um vídeo que mostra o “pai de santo” tocando nos seios da adolescente durante um ritual de batismo. Em depoimento, a vítima disse que ia fazer as consultas e o curandeiro fazia diagnósticos de doenças e receitava banhos e remédios.

“Em um desses tratamentos espirituais ele pediu para que ela tirasse toda a roupa e que a mãe se retirasse da sala. Ele teria passado as mãos nas partes íntimas da adolescente. O pai de santo disse em depoimento que não lembra de nada, que tudo que foi feito foi pela entidade que ele estava incorporado”, completou.

Marcelino deve responder por violação sexual mediante fraude – mesmo crime que o médium João de Deus responde – e curandeirismo. Depois da prisão, o “pai de santo” foi levado para Centro de Perícias Científicas Renato Chaves (CPC) para fazer exame de corpo de delito e depois será encaminhado para a central de triagem masculina do Centro de Recuperação Agrícola Sílvio Hall de Moura, na comunidade Cucurunã.

(Blog Agora Notícia )

Fonte G1 Santarém Pará

waldemir

Radialista/Blogueiro,