Ex-técnico de futebol é morto na frente da neta de 9 anos ao tentar impedir assalto

O ex-técnico de futebol Bendito Costa Silva, o “Maranhão”, foi morto a tiros, dentro da própria casa, na madrugada de segunda-feira (24). Ele foi assassinado na frente da neta de 9 anos.

A vítima foi morta enquanto tentava impedir a entrada de assaltantes na residência, por volta de uma hora da madrugada, no Centro, em Macapá.

A netinha do ex-técnico chegou a ficar ferida, pois os criminosos a empurraram contra uma cômoda, onde ela bateu com a cabeça. Mas ela está fora de perigo.

Segundo o tenente Victor, que atendeu a ocorrência, Maranhão tinha acabado de chegar em casa quando foi rendido por dois assaltantes armados.

“Ele foi abordado na grade por dois indivíduos que tinham um carro no apoio. Como não obtiveram êxito e a vítima reagiu, eles ceifaram a vida dele”, explicou o PM.

Por não conseguirem entrar na residência, os assaltantes atiraram contra Maranhão, que morreu na sala da casa. Os suspeitos fugiram sem levar nada. Quando o serviço de emergência chegou, a vítima já estava morta.

Benedito Costa Silva treinou equipes amapaenses como Ypiranga, Trem e Aliança Santana. Ele também era servidor público do Detran.

(Blog Agora Notícia )

(Com informações de Seles Nafes)

waldemir

Radialista/Blogueiro,