Diácono de igreja evangélica é preso após filhas denunciarem abusos sexuais em Santarém

Meninas, de 13 e 12 anos, contaram que sofriam abusos desde os 8 e 7 anos. Vítimas passaram por exames que atestaram os estupros.

Diácono

Um homem de 38 anos foi preso após as duas filhas, de 13 e 12 anos, denunciarem à polícia que sofriam abusos sexuais praticados pelo pai, em Santarém, no oeste do Pará. O homem é diácono de uma igreja evangélica e não teve o nome divulgado para preservar as vítimas. A prisão aconteceu na quarta-feira (12).

De acordo com as vítimas, em depoimento à polícia, os abusos começaram quando elas tinham 8 e 7 anos. A denúncia foi feita pela mãe e pelas adolescentes. “Quando o irmão delas foi contar para a mãe que tinha visto uma das irmãs sendo abusada, a outra ouviu e também falou que era abusada. Uma não sabia que a outra sofria abusos”, contou a titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Criança e ao Adolescente, delegada Mila Moura.

Os pais são divorciados e têm dois casais de filhos, sendo que os meninos moravam com o pai e as meninas com a mãe. A cada 15 dias as duas adolescentes iam passar o fim de semana na casa do pai, no Ramal dos Coelhos, comunidade Cucurunã, local onde ocorriam os estupros.

“O irmão que foi contar a mãe que tinha visto a irmã sendo abusada, viu isso acontecer há cerca de dois anos, mas ele não contou nada na época, por medo. Ele não aguentava mais ver o pai praticando uma coisa na igreja e em casa fazendo isso”, completou Mila Moura.

As adolescentes passaram por exames sexológicos que atestaram os abusos. Com os indícios foi solicitada a prisão à Justiça. O diácono foi encaminhado para a Central de Triagem Masculina da Penitenciária Agrícola Sílvio Hall de Moura. 

(Blog Agora Notícia )

Fonte G1 Santarém Pará ” 

waldemir

Radialista/Blogueiro,