Acidente de trânsito na Av. Fernando Guilhon deixa três feridos; motorista fugiu do local

Acidente aconteceu na madrugada deste domingo (18). Ao atender a ocorrência um enfermeiro foi agredido por populares, que alegavam que o Samu havia demorado.
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Um acidente de trânsito deixou três pessoas feridas na rotatória da Avenida Fernando Guilhon com Rodovia Estadual Everaldo Martins, em Santarém, no oeste do Pará. O fato aconteceu na madrugada deste domingo (18).

De acordo com testemunhas, um carro seguia no sentido aeroporto-centro em alta velocidade. Ao chegar próximo da rotatória, pelo fato de ela ter sido recentemente implantada no trecho onde havia um trevo, o motorista perdeu o controle do carro e bateu em outros veículos que estavam estacionados no acostamento. A batida causou causando efeito dominó, inclusive com capotamento.

Após a batida, o motorista do carro conseguiu fugir do local do acidente e não prestou ajuda aos feridos. Outras pessoas que também estavam no trecho acionaram o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu).

Quando a ambulância chegou para fazer o atendimento aos feridos, um enfermeiro foi agredido por populares, que alegavam que o serviço tinha demorado.

Segundo o coordenador do Samu, enfermeiro Josiel Colares, as duas ambulâncias plantonistas estavam atendendo uma vítima de infarto em uma festa e um acidente no cruzamento da Rodovia BR-163 e Avenida Moaçara.

“A ambulância que estava no acidente foi deixar as vítimas no hospital e em seguida foi atender o segundo acidente, onde os ânimos estavam alterados, o que é natural em um acidente”, contou.

Josiel contou ainda que a pessoa que agrediu o enfermeiro apresentava sintomas de embriaguez. A coordenação do Samu informou ainda que está adotando as medidas necessárias e vai registrar o Boletim de Ocorrência.

Pelo fato de não ser a primeira vez que equipes de atendimento sofrem agressões, o Samu vai reunir com o comando da Polícia Militar em Santarém para traçar estratégias que visem evitar essas situações.

O encontro também será para cobrar explicações sobre o não funcionamento do Núcleo Integrado de Operações (Niop) na madrugada. Segundo o enfermeiro Josiel, a central do Samu entrou em contato com a núcleo e não conseguiu contato.

Blog Agora Notícia 

Fonte G1Santarem 

waldemir

Radialista/Blogueiro,