Sem receber desde julho, professores de Alenquer têm cortes no contracheque

Descontos na hora atividade variam de R$ 300 a R$ 1.200. Categoria segue em greve.
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Professores da rede municipal de Alenquer, no oeste do Pará, estão com salários atrasados desde o mês de julho. Com suas contas em atraso e até sem crédito no comércio, muitos foram surpreendidos com a redução da hora atividade de valores que variam conforme a carga horária, de R$ 300 a R$ 1.200.

Segundo a coordenadora do Sintepp, em Alenquer, Débora Miranda, no dia 17 de setembro de 2018, o prefeito Juraci Estevam (PPS), baixou um decreto para regulamentação do pagamento da hora atividade sob o argumento de que o município precisa cortar gastos.

“A nossa hora atividade era paga de forma correta. Mas o prefeito Juraci encontrou uma forma de reduzir o nosso salário. E ontem (16), para nossa surpresa olhando os contracheques dos colegas no portal da transparência, vimos que houve redução muito drástica. Para quem já não está recebendo salário é desesperador”, declarou.

Segundo Débora, se antes os profissionais de educação já não conseguiam manter seus pagamentos em dia em razão dos constantes atrasos de salários, com a redução piorou ainda mais.

Um professor que em julho teve lançado em seu contracheque o valor de R$ 896,26 referente a hora atividade, em setembro esse valor foi reduzido em R$ 578. “É uma diferença significativa. Para quem já está com salários atrasados e não consegue manter a alimentação de sua família, imagina com um desconto dessa ordem”, disse Débora Miranda.

Os professores da rede municipal estão em greve desde o dia 1º de agosto em razão do atraso no pagamento dos salários dos servidores.

Em setembro, uma audiência pública convocada pelo Ministério Público Estadual foi realizada com a participação de professores e representantes da prefeitura, e foi estipulado um prazo de 30 dias para que a Prefeitura e Semed de Alenquer apresentem uma solução para regularização do pagamento dos servidores.

Blog Agora Notícia 

Com Informações G1Santarem Pa

waldemir

Radialista/Blogueiro,