Mulher é presa em Itaituba acusada de exploração sexual

Mulher estava com quatro venezuelanas e estaria à caminho da região garimpeira de Crepurizão.

Crime
Mulher estaria levando venezuelanas para o Crepurizão.

Uma mulher, identificada como Quezia Marvina de Carvalho, conhecida como “Loira”, foi presa em flagrante pela polícia, na tarde de quarta-feira (26), por volta das 16h, acusada de exploração sexual e descaminho.

Segundo a polícia civil, “Loira” foi presa quando estava em um quarto de hotel na orla de Itaituba com quatro venezuelanos que teriam sido trazidas à cidade para serem exploradas sexualmente na região garimpeira de Crepurizão.

A prisão só foi possível devido denúncia anônima recebida pela polícia, que rapidamente iniciou diligências que resultaram na localização da acusada e constatação do crime.

Blog Agora Notícia 

Fonte: Superintendência Regional do Tapajós  – 15ª RISP. Policia Civil de Itaituba

waldemir

Radialista/Blogueiro,