Tempo de proibição de venda de bebidas alcoólicas durante as eleições 2018 pode ser maior em Santarém

Justiça eleitoral deve realizar uma reunião na próxima semana para definir se o horário fixado pela PC será mantido ou será estendido.
Proibição -de- bebidas- alcolicas
Foto: Reprodução/TV Globo

Portaria da Polícia Civil que proíbe a venda e fornecimento de bebidas alcoólicas durante as eleições 2018, nos dias 7 e 28 de outubro [caso haja segundo turno] foi publicada nesta segunda-feira (24). O horário determinado pela PC é de meia noite de sábado (06 de outubro) até às 18h de domingo (07 de outubro), mas ainda há a possibilidade da Justiça Eleitoral estender o horário em Santarém e nos municípios de Belterra e Mojuí dos Campos, no oeste do Pará.

“Ainda não foi decidido se a Justiça Eleitoral vai alterar esse horário, estender ou não. Haverá uma reunião, provavelmente no começo da semana que vem, para decidirmos se vamos adotar o mesmo horário da Polícia Civil ou se vamos estender para mais um pouco”, ressaltou o juiz eleitoral Gabriel Veloso.

A reunião será entre ele e mais dois juízes eleitorais e se deve às diferenças na apuração da região oeste do Pará, em razão da demora na transmissão de dados das comunidades mais distantes.

A proibição objetiva manter a tranquilidade nos dias da votação e garantir uma eleição segura, a fim de evitar confusões, já que há uma grande movimentação de pessoas neste período e o consumo de bebidas gera transtornos e compromete a ordem dos trabalhos eleitorais.

“Geralmente, algumas pessoas ao excederem nas bebidas, perdem os limites de como se comportar. Então é essencial a proibição da venda alcoólica”, afirmou o juiz.

Blog Agora Notícia 

Com Informações G1 Santarém 

waldemir

Radialista/Blogueiro,