Suspeito de matar professor a facadas em Santarém é preso em Prainha, após denúncia

Ele foi preso pela Polícia Militar na vila Santa Maria do Uruará, três meses após o crime. O professor Samuel Neves Oliveira foi morto dentro de casa em maio deste ano, no bairro Caranazal.
Foto Reprodução

O suspeito de ter matado a facadas o professor Samuel Neves Oliveira em maio deste anoem Santarém, foi preso pela Polícia Militar na vila Santa Maria do Uruará, no interior do município de Prainha, oeste do Pará.

Segundo a PM, o suspeito de 21 anos estava foragido desde o dia do crime. Ele foi encontrado em uma casa, junto com a companheira, após denúncias de parentes da vítima e de parentes da atual companheira.

A PM disse ainda que a mulher sabia do crime, mas era ameaçada, caso fizesse a denúncia. Foi então que parentes decidiram informar o paradeiro dele à polícia. Depois de preso, o jovem foi levado para o Posto Policial e depois transferido para Santarém.

Entenda

O professor Samuel Neves Oliveira foi morto dentro de casa na madrugada do dia 4 de maio, na rua Coaracy Nunes, bairro Caranazal. A polícia informou que a vítima tinha pelo menos 14 perfurações em várias regiões do corpo.

No dia do crime, o suspeito conseguiu fugir. A PM fez buscas pela cidade, mas ele não foi localizado. Também no mesmo dia, a Divisão de Homicídios, da Polícia Civil, chegou a abrir um inquérito e o caso estava sendo investigado.

LEIA TAMBÉM http://www.agoranoticia.com.br/2018/09/25/pf-desarticula-quadrilha-que-desviou-r-5-milhoes-destinados-a-educacao-de-criancas-no para

http://www.agoranoticia.com.br/2018/09/25/tempo-de-proibicao-de-venda-de-bebidas-alcoolicas-durante-as-eleicoes-2018-pode-ser-maior-em-santarem/

Blog Agora Notícia 

Com Informações G1 Santarém 

waldemir

Radialista/Blogueiro,