Corpo de mulher é achado dentro de lona amarrado a pedras em rio de Parauapebas

O corpo de uma mulher foi resgatado das margens do rio Parauapebas, na cidade de Parauapebas, sudeste paraense, na tarde de segunda-feira (17). O cadáver estava amarrado dentro de uma lona azul, e pedras foram utilizadas para fazer o corpo submergir.

De acordo com informações do Suboficial Rilson Mourão, que comandou a operação de resgate feita pelo Corpo de Bombeiros de Parauapebas, os militares retiraram o corpo por volta das 14h30, após chamado da Polícia Civil do município.

O corpo estava submerso próximo a uma ponte de Parauapebas, e uma das principais hipóteses é de que ele tenha sido jogado de cima da estrutura. A vítima aparentava ter entre 28 e 35 anos, e havia números de telefone escritos de caneta azul em uma das mãos dela.

Fios e cabos de fiação elétrica foram usados para amarrar o corpo da mulher dentro da lona. Duas a três pedras grandes foram utilizadas para que o cadáver não emergisse.

Segundo o Suboficial, a seca do Rio Parauapebas facilitou o resgate e a localização do corpo.  

A perícia do Instituto Médico Legal (IML) esteve no local e removeu o cadáver.

Blog Agora Notícia 

(DOL)

waldemir

Radialista/Blogueiro,