Mulher picada por cobra é socorrida por lancha da Capitania Fluvial de Santarém

Capitania foi acionada pela embarcação Vovô Dário que faz a travessia do porto do Aninduba para Santarém.
Chegada da lancha que socorreu a mulher picada por cobra surucucu  â Foto: CFS/Divulgação

Uma mulher que foi vítima de picada de cobra surucucu em uma comunidade às margens do Rio Amazonas, em Santarém, oeste do Pará, foi socorrida por uma lancha da Capitania Fluvial nesta quinta-feira (13).

Segundo o comandante da Capitania Fluvial, capitão de fragata Robson Ferreira, a lancha saiu da base de Inspeção Naval por volta das 18h10, logo após o chamado de socorro do empurrador Vovô Dário que faz a travessia do porto do Aninduba para Santarém com a balsa Nezinha. A travessia é feita em quase três horas, e como Lenice Ferreira da Silva foi picada por uma cobra surucucu, os familiares tinham pressa no atendimento médico

segue apos a publicidade

Uma rede foi utilizada para facilitar a remoção de Lenice Ferreira da balsa para a lancha da Marinha — Foto: CFS/Divulgação

A Capitania Fluvial enviou uma lancha da Inspeção Naval ao encontro da embarcação Vovô Dário e acionou a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que ficou de prontidão com ambulância no porto improvisado da Tiradentes, para receber a paciente. Após o desembarque, a mulher que foi picada no calcanhar direito foi levada para Pronto Socorro Municipal de Santarém.

Lenice foi acompanhada durante toda a viagem e o socorro para atendimento no PSM por sua irmã Leia Faria Ferreira da Silva.

Ambulância do Samu já esperava no porto da Tiradentes para levar mulher picada de cobra ao PSM — Foto: CFS/Divulgação

Blog Agora Noticia

com iformacoes G1 Santarem Pa

waldemir

Radialista/Blogueiro,