PRF apreende mais de 900 maços de cigarro e prende uma suspeita por contrabando em Santarém

O flagrante aconteceu por volta das 4h30 desta segunda-feira (27), no Km 995 da BR-163.
Contra-bando
A PRF apreendeu 990 maços cigarros que estavam sendo contrabandeado em Santarém, no oeste do Pará (Foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação)
SANTARÉM 

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu cerca de 990 maços de cigarros importados e prendeu uma mulher, suspeita de contrabando, durante uma fiscalização no Km 995 da rodovia federal BR-163, em Santarém, no oeste do Pará. O flagrante aconteceu por volta das 4h30 desta segunda-feira (27).

De acordo com a PRF, durante comando de fiscalização, a equipe do Grupo de Policiamento Tático abordou o ônibus de transporte intermunicipal de passageiros de uma empresa que faz linha Belém/Santarém, e durante verificação das bagagens foram encontradas no compartimento de bagagens do veículo duas sacolas plásticas que estavam com 99 pacotes (990 maços) de cigarros de origem paraguaia.

Foi possível chegar a suspeita a partir da etiqueta de identificação constante nas bagagens. Ao confrontar com o bilhete de passagem e lista de passageiros, a PRF identificou proprietária da bagagem.

Segundo a PRF, a suspeita confessou a autoria do crime, declarando que comprou o cigarro no Estado do Maranhão de uma pessoa desconhecida e que levaria para comercialização em um garimpo no Suriname.

Diante dos fatos, a mulher foi presa em flagrante por contrabando. Os cigarros foram apreendidos e encaminhados à Polícia Federal para os procedimentos legais.

O crime de contrabando está previsto no artigo 334-A do Código Penal Brasileiro, o qual prever a pena de reclusão de dois a cinco anos para quem importa ou exportar mercadoria proibida.

Blog Agora Notícia 

Com Informações G1Santarem Pa

waldemir

Radialista/Blogueiro,