Pikachu fala sobre seleção brasileira e afirma: ‘no Remo eu não jogaria’

Yago Pikachu segue sendo destaque esportivo no Brasil. Na última quinta-feira (23), o jogador do Vasco-RJ participou do “Bolívia Talk Show”, do canal Desimpedidos. O atleta revelado pelo Paysandu comentou diversos assuntos e garantiu que só não jogaria por um clube no Brasil: o Clube do Remo.

“Só no Remo, eu acho. No Remo eu não jogaria, não!”, respondeu ao ser perguntando por um torcedor.

Outro torcedor relembrou os momentos de Yago com a camisa do Paysandu. Perguntado sobre qual foi o jogo mais marcante com a camisa do Papão, Pikachu lembrou a estreia no profissional do clube, contra o Cametá, em 2012.

“Foi a minha estreia. 12 de janeiro de 2012, se não me engano, na estreia do Campeonato Paraense. Ali marcou muito. Era meu sonho virar jogador de futebol de futebol profissional e naquele ano eu consegui. Esse primeiro (jogo) é o que ficou mais marcado pra mim”, afirmou.

Recentemente, Pikachu e muitos viviam a expectativa da convocação do jogador para a seleção brasileira, que acabou não acontecendo na última lista divulgada por Tite. Mesmo em fase artilheira no Vasco, com 16 gols no ano atuando como meia, o paraense acredita que na lateral, posição de origem, seja o caminho mais fácil para vestir a Amarelinha.

“Pensando em seleção, na lateral direita a concorrência é bem menor do que no meio, como eu venho jogando. Jogar de meia, a concorrência é bem maior, com grandes jogadores que a nossa seleção têm”, reforçou.

Blog Agora Notícia 

(DOL)

waldemir

Radialista/Blogueiro,