Corpo de sargento morto com 13 tiros é liberado do IML

O sargento da reserva da Polícia Militar

Violência sem fim em Belem
Reprodução
PARÁ -VIOLÊNCIA NAO PARA

O sargento da reserva da Polícia Militar Manoel Pedro Pantoja Rodrigues, de 51 anos, estava trabalhando no depósito de bebidas da família, na rua 23 de Agosto, no bairro da Marambaia, quando se tornou alvo de dois criminosos e passou a ser mais uma vítima da violência sem fim que assola a Região Metropolitana de Belém. Seu corpo foi liberado por volta de 20h30 do IML.

A dupla de assassinos chegou em uma motocicleta, por volta das 14h30. Um deles disparou 13 vezes contra o sargento da reserva, que caiu ferido. Os criminosos ainda roubaram a arma e a carteira da vítima.

O sargento foi socorrido e levado para a Unidade Municipal de Saúde (UMS) da Marambaia, mas não resistiu aos ferimentos. Foram os próprios filhos da vítima, em pleno Dia dos Pais, que, inconformados, tiveram que registrar o caso na Seccional Urbana da Marambaia.

O Diário Online solicitou mais informações sobre o caso para a Polícia Militar do Pará, mas ainda não teve retorno.

BlogA gora Notícia 

(Com informações de Arthur Medeiros/Diário do Pará)

waldemir

Radialista/Blogueiro,