Piloto é detido e conta versão cinematográfica sobre dois mortos em pleno voo

 

  1. Uma aeronave fez um pouso forçado no Rio Jamanxim, de Itaituba, sudoeste do Estado, após duas pessoas serem assassinadas em pleno voo, na última quarta-feira (27). O avião havia saído de Guarantã (MT) com destino a Apuí, no Amazonas.
  2. A polícia só tomou conhecimento dos fatos ontem (28), quando o piloto Sérgio Vanderlei Becker, que estava escondido no distrito de Morais de Almeida , foi detido tentando fugir em um mototáxi.

Os corpos das vítimas, identificadas apenas como Polaquinho e Turco, ainda não foram encontrados, mas de acordo com o piloto detido, que confessou ter matado um dos homens, ambos foram jogados em locais distintos do rio, ainda durante o voo.

Versão do do Piloto

Segundo a versão de Becker, Polaquinho e Turco iniciaram uma forte discussão dentro da aeronave. Em determinado momento da briga, Polaquinho, que estava armado, atirou contra o outro passageiro, que morreu na hora.

O piloto contou aos policiais que Polaquinho teria atirado o corpo de Turco no rio, e neste momento, temendo pela sua vida, o piloto teria se aproveitado de um momento de distração do assassino, pegando sua arma e matando-o. Em seguida, Becker teria também jogado o corpo de Turco no rio.

Nesse momento, ele perdeu o controle da aeronave e foi obrigado a fazer um pouso forçado na água. A aeronave permaneceu no rio durante toda a madrugada, até que pescadores locais avisaram a polícia, que começou as investigações.

Blog Agora Noticia

(DOL)

waldemir

Radialista/Blogueiro,