Vítima estende a mão para executor, achando que era cliente, e é morto a tiros

Um homem de 34 foi morto a tiros, na tarde desta quinta-feira (10

BELÉM


Um homem de 34 foi morto a tiros, na tarde desta quinta-feira (10), dentro do restaurante da sogra dele, localizado no conjunto CDP, próximo ao posto de saúde do condomínio, no bairro de Val-de-Cans, em Belém. Segundo testemunhas, ele chegou a estender a mão para o assassino, pensando que era um cliente.

A vítima foi identificada como João Carlos Bentes. Ele estava no restaurante junto com a sogra dele, proprietário do local, e com a esposa dele. Em determinado momento, dois homens, usando capacetes, chegaram em uma motocicleta e o passageiro desceu.

O assassino se encaminhou até João Carlos. A vítima se levantou e também foi ao encontro do homem, provavelmente achando que se tratava de um cliente. Quando Carlos estendeu a mão para cumprimenta-lo, o executor sacou a arma e deu dois tiros na cabeça da vítima.

Segundo familiares, não há relatos de que João Carlos estava sofrendo ameaças. No entanto, a vítima seria a terceira pessoa de uma mesma família a ser assassinada.

O caso está sendo investigado pela Divisão de Homicídios.

Blog Agora Noticia

(DOL com informações de Denilson D’Almeida/Diário do Pará)

waldemir

Radialista/Blogueiro,