Idosos, crianças e grávidas são prioridade na vacinação contra H1N1

 Campanha de vacinação começa nesta segunda-feira, 23, em todo o Pará.

SAÚDE


Idosos, crianças após seis meses e menores de 5 anos, grávidas, professores e trabalhadores da área da saúde estão entre os públicos prioritários para vacinação contra a gripe, que começa nesta segunda-feira (23). A 20ª Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza, promovida pelo Ministério da Saúde (MS), disponibiliza as vacinas nas Unidades Básicas de Saúde, mantidas pelas prefeituras, até 1º de junho.

A especialista Tanise Maia destaca a importância da imunização para doenças como a gripe, não apenas para idosos, mas para todos os grupos prioritários. “No entanto, os idosos estão em situação mais vulnerável, devido ao sistema imunológico estar mais debilitado”, ressalta.

http://www.agoranoticia.com.br/2018/04/22/concurso-seduc-pa/

A vacina evita complicações causadas pelo vírus Influenza, como pneumonia. “Essa doença é muito comum em idosos acamados. A pneumonia acomete 2,5% de idosos por ano no País. Mas ela pode ser prevenida de forma muito simples: com vacina de combate à gripe”, informa a médica, para quem a desinformação é o problema mais comum na faixa etária a partir dos 60 anos. “Muitos idosos desconhecem ou se recusam a tomar as vacinas. Por isso, prevenir ainda é a melhor atitude. Nós indicamos a imunização”, reitera Tanise Maia.

Atualização – Infectologista do Hospital Jean Bitar, Luciene Sambrano Primo alerta para necessidade de atenção especial com os idosos. ”É um dos públicos-alvo que menos procura a imunização”, garante a médica, informando que dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) estimam que até 2020 o número de idosos será maior que o de crianças abaixo de 5 anos.

“Portanto, é necessário atentar para a prevenção dos idosos a cada ano, porque o processo de renovação dos vírus é periódico, e se faz necessária a atualização dessas vacinas”, explica Luciene Sambrano Primo. Segundo ela, as vacinas mais importantes são as que imunizam contra hepatite B, gripe, febre amarela e pneumocócica.

A equipe multiprofissional do HJB realizou de janeiro a março deste ano 6.598 atendimentos ambulatoriais, sendo 334 em geriatria e 300 em pneumologia.

Durante o período de vacinação contra o vírus Influenza, os funcionários, usuários e acompanhantes receberão no “Jean Bitar” orientações sobre a importância da imunização.

Blog Agora Noticia

Com Informações G1 Para Belém

waldemir

Radialista/Blogueiro,