Beneficiários do auxílio-doença devem regularizar situação até 13 de abril

Em Santa Catarina, serão convocados para a perícia cerca de 8,2 mil pessoas asseguradas pelo INSS

O Pente-fino do INSS iniciou em 2016 e, desde então, 22,6 mil catarinenses tiveram o benefício cancelado | Foto Divulgação/Internet

Na última sexta-feira (23), o Diário Oficial da União publicou a convocação para que beneficiários do auxílio-doença e aposentados por invalidez que ainda não regularizaram sua situação possam marcar a perícia de reavaliação e evitar a perda do benefício.

Os assegurados pelo INSS que estão há mais de dois anos sem realizar perícia e não conseguiram realizar o agendamento dentro do prazo previsto terão até dia 13 de abril para ligar no número 135 e marcar o procedimento.

Em Santa Catarina, serão convocados para a perícia cerca de 8,2 mil pessoas asseguradas pelo INSS, aqueles que não fizerem o agendamento terão seu benefício suspenso por 60 dias, e caso não regularize a situação poderão perder a aposentadoria.

O Pente-fino do INSS iniciou em 2016 e, desde então, 22,6 mil catarinenses tiveram o benefício cancelado e precisaram voltar ao trabalho. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social, o corte gerou uma economia de 600 milhões para o Estado.

Na primeira fase da revisão dos benefícios, entre agosto de 2016 e fevereiro de 2018, 8 a cada 10 auxílios doenças realizados em SC foram cancelados e outros 2 mil foram suspensos por não comparecimento à perícia.

Na segunda fase, entre 1º e 21 de março foram realizadas 7.379 perícias no estado, nos quais teve 77% dos auxílios doença e 25% das aposentadorias cancelados.

Blog Agora Notícia 

Com Informações OCPNEWS

waldemir

Radialista/Blogueiro,