Faustão defende Reforma da Previdência e dispara contra música de fim de ano da Globo: “Não canto mais essa po***”

        O apresentador Fausto Silva deu no domingo (11) mais uma de suas declarações polêmicas

Fausto Silva, o Faustão (Foto: Reprodução)

FAMA


O apresentador Fausto Silva deu no domingo (11) mais uma de suas declarações polêmicas durante o Domingão do Faustão. Durante conversa no quadro Ding-Dong, ele disparou contra a música tema que é cantada tradicionalmente em todo fim de ano na Globo.

Tudo começou quando Fernanda Torres resolveu falar sobre a Intervenção Federal que o governo promoveu no Rio de Janeiro. “Estamos vivendo no Rio uma situação inacreditável de intervenção no Rio, a faixa de gaza no Brasil, e se a gente não resolver…”, dizia a atriz até ser interrompida por Faustão.

O apresentador opinou que a situação é crítica não apenas no Rio de Janeiro, mas em todo o país. Criticando a falta de comunicação do governo, defendeu a polêmica Reforma da Previdência como “necessária”.

“Isso já está acontecendo em outros lugares do Brasil, não é exclusividade do Rio de Janeiro. Realmente a situação é pior lá, mas como o poder público é incompetente e corrupto, ele não passa ao público, não sabe comunicar, nem mesmo essa Reforma da Previdência, que é necessária, eles são tão imbecis que não sabem comunicar”, disse.

Faustão continuou falando sobre o problema da segurança no país, e foi aí que entrou o tema de fim de ano da Globo. “Por isso eu encho o saco de falar, eu não canto mais essa p*** de ‘hoje é um novo dia…’. Aqui na Globo eu não canto mais, não é novo dia p*** nenhuma. O dia que tiver, eu volto aqui. Não tenho cara de pau para cantar isso”, disse.

Não é a primeira vez que Faustão dispara contra a música de fim de ano de seu canal. No final do ano passado, ele disse não aguentar mais cantar a música sendo que o novo tempo prometido nunca começa.

“Eu não aguento cantar mais: ‘hoje é um novo dia…’. Esse novo dia não tem porr* nenhuma. Trinta anos que a gente canta isso aqui e não tem esse novo dia. Está na hora de a gente encarar isso. Brasileiro tem Copa do Mundo, todo mundo se abraça, se veste de verde amarelo, e na hora da eleição, não presta atenção”.

Blog do Waldemar Santos

Com Informações TV Foco

waldemir

Radialista/Blogueiro,