Entregador de gás luta contra atiradores, mas é executado no Icuí

         Francisco Nascimento Júnior, de 19 anos, teve a vida e os sonhos ceifados depois de ser alvejado

Marco Santos/Diário do Pará

ANANINDEUA


Francisco Nascimento Júnior, de 19 anos, teve a vida e os sonhos ceifados depois de ser alvejado com quatro tiros por dois homens em uma moto, na tarde de quinta-feira (1º), em uma área de campo na rua União, bairro do Icuí, em Ananindeua.

A Polícia Militar afirmou que a vítima não tinha passagem pela polícia e que os moradores foram unânimes em ressaltar que ele também não tinha o menor envolvimento com crimes.

Os resultados da perícia criminal apontam que o vendedor de gás chegou a lutar contra os atiradores para tentar salvar a própria vida, já que haviam ferimentos nas mãos que indicavam que ele tentou segurar a arma usada no crime para se defender.

A placa da moto dos suspeitos não foi anotada e ninguém informou o modelo da motocicleta, tampouco se os algozes de Francisco estavam de capacete – o que poderia facilitar um retrato falado.

Segundo a família da vítima, Francisco sonhava em ser policial e tinha muitos amigos da PM, por isso suspeitam que ele tenha sido assassinado por causa de uma ‘possível fama’ de ser “x-9”.

Blog do Waldemir Santos

(Com informações de Denilson D’Almeida/Diário do Pará)

waldemir

Radialista/Blogueiro,