Barco que levava passageiros e mercadorias naufraga no interior do AM

Embarcação saiu de Manaus com destino ao município de Maraã, na tarde do sábado (16). Cerca de 35 pessoas foram socorridas.

 

 

naufrágio NAUFRAGIO


Uma embarcação que levava passageiros e mercadorias naufragou após bater em um tronco de madeira próximo ao município de Anamã, a 165 km de Manaus. O acidente ocorreu na manhã de domingo (17), perto do encontro dos rios Purus e Solimões. Não houve feridos. Cerca de 35 pessoas foram socorridas.

De acordo com informações repassadas por testemunhas, o barco “Pai da Fé” partiu de Manaus com destino a Maraã, a 634 km, na tarde do sábado (16). Entretanto, próximo ao município de Anamã, a embarcação colidiu contra uma tora de madeira. A colisão furou o casco. O comandante ainda conseguiu conduzir a embarcação até a beira do rio, onde ela naufragou.

A Marinha informou que apura o ocorrido. “Assim que tomou conhecimento, o Com9ºDN enviou uma aeronave do 3º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral para a realização de reconhecimento aéreo e o levantamento de informações. Um inquérito será instaurado para apurar as causas, circunstâncias e responsabilidades do acidente”, diz nota.

Havia aproximadamente 35 pessoas dentro do barco, entre tripulantes e passageiros, todos foram socorridos com vida. O barco transportava frutas e verduras para o município de Maraã.

Aproximadamente 35 pessoas estavam dentro do barco. Todas foram resgatadas com vida (Foto: Divulgação/Dário Silva)

Aproximadamente 35 pessoas estavam dentro do barco. Todas foram resgatadas com vida (Foto: Divulgação/Dário Silva)

Embarcações de pesca que estavam nas proximidades da boca do Rio Purus, ajudaram no resgate dos passageiros. Eles também auxiliaram a coletar parte das mercadorias.

De acordo com informações repassadas por testemunhas à Rede Amazônica, a Secretaria de Infraestrutura do município de Anamã ofereceu uma balsa para auxiliar no resgate da embarcação.

POST : WALDEMIR SANTOS

INFO : G1 AM

*(Colaborou Adauto Silva da Rede Amazônica)

waldemir

Radialista/Blogueiro,