CINCO FACULDADES DO PARÁ SÃO REPROVADAS PELO MEC

Na semana passada, foi divulgado o resultado das avaliações de 2.109 instituições de ensino superior

 



Na semana passada, foi divulgado o resultado das avaliações de 2.109 instituições de ensinosuperior, feitas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira(INEP), do Ministério da Educação (MEC). No total, 313 tiveram avaliação

insatisfatória e, entre elas, 5 estão no Estado do Pará

.

A avaliação é feita por meio do Índice Geral de Cursos (IGC), indicador oficial de qualidade do ensino superior no Brasil, calculado todos os anos.

O índice vai de 1 a 5, e as notas na faixa 1 e 2 indicam mau desempenho passível de punição, como a proibição de novos vestibulares até que medidas para a melhora de desempenho sejam implementadas.

No Pará, as instituições reprovadas foram: Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas de Marabá, Faculdade Pan Americana, Faculdade Pan Amazônica, Faculdade Pan Americana, Faculdade do Tapajós e Faculdade Teológica Batista Equatorial.

A Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas de Marabá teve 2 cursos avaliados no triênio e, em 2016, recebeu nota 1,4525 no IGC (Contínuo) e nota 2 no IGC (Faixa). Em contato por telefone com o DOL, Remi dos Santos Florão, Doutor em Ciência Política e diretor da faculdade, criticou o método de avaliação.

“Entendo que o critério desta avaliação não é a linguagem correta para o contexto do sul paraense, onde os alunos chegam ao ensino superior passando por um fundamental e médio precários”, pontuou o diretor, que lembrou que a avaliação não é feita por educadores que conhecem o estado. “Esta avaliação é feita por tecnocratas que não conhecem a realidade paraense”.

A Faculdade Pan Americana teve 3 cursos avaliados no triênio e, em 2016, recebeu nota 1,5296 no IGC (Contínuo) e nota 2 no IGC (Faixa).

Já a Faculdade Pan Amazônica teve 7 cursos avaliados no triênio e recebeu nota 1,7919 no IGC (Contínuo) e nota 2 no IGC (Faixa).

Foi reprovada também a Faculdade do Tapajós, que teve 2 cursos avaliados e nota de 1,8196 no IGC (Contínuo) e 2 no IGC (Faixa).

Há ainda a Faculdade Teológica Batista Equatorial, que teve 1 curso avaliado e nota de 1,8565 no IGC (Contínuo) e  nota de 2 no IGC (Faixa).

Veja a lista divulgada no site do INEP

ÍNDICE GERAL

O Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC) é um indicador de qualidade que avalia as Instituições de Educação Superior. Seu cálculo é realizado anualmente e leva em conta os seguintes aspectos:

– média dos Conceito Preliminar de Curso (CPCs) do último triênio, relativos aos cursos avaliados da instituição, ponderada pelo número de matrículas em cada um dos cursos computados;

– média dos conceitos de avaliação dos programas de pós-graduação stricto sensu atribuídos pela CAPES na última avaliação trienal disponível, convertida para escala compatível e ponderada pelo número de matrículas em cada um dos programas de pós-graduação correspondentes;

– distribuição dos estudantes entre os diferentes níveis de ensino, graduação ou pós-graduação stricto sensu, excluindo as informações do item II para as instituições que não oferecerem pós-graduação stricto sensu.

Como o IGC considera o CPC dos cursos avaliados no ano do cálculo e nos dois anos anteriores, sua divulgação refere-se sempre a um triênio, compreendendo todas as áreas avaliadas previstas no Ciclo Avaliativo do Enade.

POST : WALDEMIR SANTOS 

(Com informações da revista Exame)

 

waldemir

Radialista/Blogueiro,

Um comentário em “CINCO FACULDADES DO PARÁ SÃO REPROVADAS PELO MEC

  • 14/06/2017 em 07:54
    Permalink

    Alguém sabe me dizer se essa faculdade Tapajos e a FIT?

Fechado para comentários.