PAYSANDU VAI ATÉ MINAS ENFRENTAR O AMÉRICA-MG

(Foto: DOL)

FUTEBOL


O Paysandu tenta, hoje, abater o Coelho em pleno habitat natural do adversário, o estádio Independência, e quer, com uma só cajadada, atingir simultaneamente dois objetivos na Série B do Brasileiro: se manter na liderança da competição e obter a primeira vitória fora de casa na disputa. Mas, vencer o América-MG, a partir das 19h15, em Belo Horizonte, deverá exigir bastante astúcia do Papão na caça ao Coelho, alcunha do time de Minas Gerais. A equipe da casa, assim como o visitante, está invicta no campeonato, ocupando a 7ª colocação, com 5 pontos.

O Papão, por sua vez, ocupa a ponta da classificação, com 7 pontos, sendo perseguido de perto pelo Juventude-RS, CRB-AL e Guarani-SP. Os dois primeiros, na 2ª e 3ª colocações, também com 7 pontos, enquanto o Guarani-SP, na rabeira do G4, grupo dos 4 primeiros colocados, soma 6 pontos. Até mesmo um empate poderá, dependendo dos resultados nos jogos dos concorrentes, desbancar o Papão da liderança e até mesmo da zona de classificação do campeonato.

O “Mequinha” mineiro busca a sua primeira vitória no Horto, onde reza a lenda, que cai lá está morto. Mas, sem sua estreia na Segundona, a equipe mineira não conseguiu ratificar a lenda, apenas empatando com o Goiás (1 a 1). Nos outros dois jogos da equipe do Enderson Moreira houve empate diante do Náutico-PE (0 a 0) e vitória sobre o Criciúma-SC (3 a 1), na cidade de Criciúma, em Santa Catarina.

O Paysandu vem surpreendendo pela boa campanha que faz neste início da Segundona. Em 3 partidas foram duas vitórias (Oeste-SP e Internacional-RS), ambas em Belém, e um empate (Paraná-PR, na condição de visitante. O ponto alto do time tem sido o setor de defesa, que em 170 minutos não sofreu gol, sendo o último time, entre os 20 que participam da disputa, a ostentar a marca. Motivo de confiança para o técnico Chamusca e seus atletas num triunfo frente ao adversário americano.

NEM PENSA EM BOBEAR

Aproveitar o “fator casa” e vencer as duas próximas partidas na Série B é discurso recorrente no América. Vindo de uma vitória sobre o Criciúma-SC, por 3 a 1, em Santa Catarina, o Coelho terá pela frente Paysandu e Ceará-CE; ambos no Independência. Com cinco pontos, o alviverde inicia hoje o desafio de alcançar os 100% de aproveitamento nas duas partidas.

“São dois campeões estaduais que irão brigar pelo título, assim como nós. Então, a nossa meta são os seis pontos”, disse o zagueiro Rafael Lima. “Sabemos que não será fácil, mas temos que somar os pontos em nossa casa e já mostramos nossa capacidade”, acrescentou o capitão do time mineiro. O técnico Enderson Moreira deve mandar a campo a mesma formação que iniciou o último confronto, em Criciúma.

POST : WALDEMIR SANTOS 

POR : DOL

(Nildo Lima/Diário do Pará)

waldemir

Radialista/Blogueiro,