Semana de combate ao tabagismo capacita profissionais e orienta população


SAÚDE


Ação da semana de combate ao tabagismo começou nesta sexta-feira (19) com capacitação para profissionais da área de saúde e é uma ação alusiva a data de 31 de maio, dia mundial sem o tabaco. O objetivo é fortalecer a prática do Programa Nacional de Controle ao Tabagismo no município e treinar os profissionais para que eles possam auxiliar as pessoas que desejam para de fumar.

Durante a próxima semana serão realizadas capacitações com Agentes Comunitários de Saúde (ACS) que irão aprender mais para poder repassar essas informações para a população, para que a partir delas, os interessados possam buscar por ajuda nas unidades de saúde. Mas a programação não é voltada apenas para quem trabalha na área da saúde, o público em geral também poderá participar. Confira a programação:

22 a 25: público em geral

  • Busca ativa de casos novos e visitas domiciliares, dando informações a respeito da patologia
  • Orientação sobre a alimentação saudável, atividades físicas e consequências do uso abusivo de tabacos e outras drogas
  • Palestras educativas abordando a importância do diagnóstico precoce, fazer a população conhecer e entender os valores da PA, observação dos sinais e sintomas e adesão ao tratamento.

26/05: encerramento (Técnicos de Enfermagem e Agentes Comunitários de Saúde)

  • Capacitação com o tema: A Hipertensão Arterial na Gestação
  • Capacitação prática sobre como ajudar uma pessoa a parar de fumar

De acordo com um estudo da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos publicado em janeiro deste ano, o tabagismo custa à economia global mais de US$ 1 trilhão por ano, em gastos com saúde e perda de produtividade, e até 2030 matará um terço a mais de pessoas do que agora.

“O número de mortes relacionadas ao tabaco deverá aumentar de cerca de 6 milhões de mortes para cerca de 8 milhões anualmente até 2030, sendo que mais de 80% delas vão ocorrer em países de baixa e média renda”, diz o estudo.

POST : WALDEMIR SANTOS 

INFO : DO G1SANTAREM 

waldemir

Radialista/Blogueiro,