Confirmado 1º caso de febre amarela em macaco no município de Santarém


Amostra do macaco encontrado morto em março, na comunidade Perema, foi analisada pelo Instituto Evandro Chagas, em Belém.

Sespa recebeu resposta do Instituto Evandro Chagas sobre duas amostras de macacos encontrados mortos em Santarém (Foto: Reprodução TV Tapajós/ Leandro Sousa)

O 9º Centro Regional de Saúde (CRS) recebeu nesta sexta-feira (7) os resultados de exames feitos em duas amostras de macacos encontrados mortos no município de Santarém, oeste do Pará. Na amostra do macaco encontrado morto na rotatória da Avenida Fernando Guilhon em frente ao Residencial Salvação, o resultado foi negativo para febre amarela. Já na amostra encontrada na comunidade de Perema, região do Planalto santareno, o resultado foi positivo, sendo esse o 1º caso confirmado de febre amarela em primata no município.

Como medida preventiva, o 9º CRS/Sespa realizará em parceria com a secretaria Municipal de Saúde, complementação de vacinação contra a febre amarela na comunidade Perema, segunda-feira (10), de 08h às 11h.

“Ainda no mês de março quando o macaco foi encontrado por comunitários de Perema nós estivemos lá imunizando a população, por isso a ação da próxima segunda-feira será de complementação. Portanto, não há motivo para correria ao posto de vacinação”, disse o coordenador de Endemias do 9º CRS/Sespa, Nesildo Oliveira.

A vacinação será realizada no barracão da igreja católica de Perema. A prioridade será para crianças de 6 a 9 meses que ainda não tomaram a vacina, crianças a partir de 4 anos que ainda não tomaram a segunda dose, pessoas com apenas uma dose comprovada na carteira. Idosos acima de 60 anos só podem tomar a vacina com orientação médica.

POST:WALDEMIR SANTOS

COM INFO: DO G1 SANTARÉM

waldemir

Radialista/Blogueiro,